5 exercícios do Pilates – Para fazer em qualquer lugar

5 exercícios do Pilates – Para fazer em qualquer lugar

O método foi criado pelo alemão de mesmo nome J. Pilates. Ele deu nome a 34 movimentos que até hoje se executam por serem pertinentes à nossa condição de seres sedentários e ainda destreinados (ele iniciou em 1900 a aplicação do método!).

Todos os 34 exercícios do Pilates são utilizados hoje e deve-se, obviamente, considerar a individualidade biológica de cada praticante para a escolha dos movimentos.

Fazer todos os exercícios seria impossível, para não dizer irresponsável, já que cada indivíduo pode e deve fazer movimentos de acordo com suas limitações e/ou habilidades.

Para um aprofundamento do método, recomendamos fortemente um profissional que ensine e acompanhe o aluno na execução dos exercícios de Pilates.

A ideia de fazer um vídeo de Pilates é proporcionar a quem assiste uma amostra sobre o método.

Ajustes da posição nos exercícios do Pilatestreino ao ar livre

Olhar para frente;

Queixo para baixo;

Ombros para baixo e para trás;

Costelas abaixadas;

Abdômen contraído;

Quadril em posição normal.

Exercício #1

Roll down – exercício de conscientização da função do músculo abdominal, da flexibilidade da coluna e dos ajustes de postura, movimentos necessários no Pilates. Respiração: inspire com a coluna ereta/ expire ao curvar a coluna. Manter ajustes.

Exercício #2

Roll up – deve ser executado com a coluna curvada (abdômen contraído) e apenas alinhar a postura ao deitar e sentar. Respiração em 2 fases: inspira no chão, antes de subir/ expira na subida – Inspira sentado (coluna reta)/ expira na descida. Manter ajustes.

Exercício #3

Clapping – no vídeo há a opção de manter as mãos embaixo do quadril para facilitar a execução do movimento de pernas. Manter os pés em 1ª Posição do ballet sem ponta ou pontas dos dedos para fora. Trabalho forte de adução e de transverso do abdômen, além de contrair o assoalho pélvico e músculos do canal da uretra. Opções mais avançadas: inclinar as pernas mais que 90 graus, braços ao lado do corpo ou acima da cabeça. Respiração: Normal. Manter ajustes.

Exercício #4

Flexão Lateral – o corpo deve estar alinhado lateralmente: orelha/ombros/quadril/lateral do joelho/calcanhar na mesma linha. Caso haja desconforto na lombar, levar as pernas à frente para auxiliar na execução. Respiração: inspira antes de iniciar/expira ao subir. Manter ajustes.

Exercício #5

Swimming – manter abdômen contraído mesmo na posição de decúbito ventral (barriga no chão), ombros para baixo mesmo com os braços elevados. Respiração: rápida e acompanhando cada movimento. Sentir o corpo alongar-se. Manter ajustes.

Alongar na Posição da Criança – aconselha-se para todos.

Esses 5 exercícios do Pilates ajudarão o praticante a desenvolver consciência dos músculos posturais evitando dores nas costas e pescoço muito comuns hoje em dia. Uma melhor postura diminui também o volume estomacal, já que a musculatura estará na posição “correta”, empurrando os órgãos para dentro da cavidade abdominal.

O próprio Pilates afirmava que o praticante dos seus exercícios era mais “feliz”, pois mantinha o olhar firme no horizonte e uma postura ereta. Falei mais sobre a visão John Pilates em artigo anterior: Pilates – a visão do idealista que ninguém comenta

Mais uma dica sobre o Pilates – permita-se!

Bons Treinos

Sobre o Autor

Fomos arquitetados para o movimento. Não há sentido em ficar sentado o dia todo! Consultora em fitness. Quer uma consultoria para sua academia ou clube? Saiba mais sobre a Marcia