Como celebrar as festas de fim-de-ano e manter-se em forma?

Como celebrar as festas de fim-de-ano e manter-se em forma?

Nessa época do ano ouve-se muito frequentemente a expressão brasileira: “Enfiar o pé na jaca”! A expressão é nossa, mas o ato que ela representa é internacional. No mundo cristão, celebra-se o Natal com ‘ceias’ e no restante do planeta, as festas de ano novo são também regadas à ‘comes e bebes’.

Aqui no Brasil, estamos triplamente encrencados com essas COMEmorações:

  1. Ceia de Natal que ocorre na virada de 24 para 25 de dezembro;
  2. Almoço de Natal – nem nos recuperamos da ceia da noite anterior e lá vem mais comidas e bebidas e horas sentados à mesa;
  3. Festa de Réveillon – come-se menos que no Natal, mas bebe-se para festejar o ano que passou, a ano que virá, etc e etc.

Diante da certeira e inescapável ingestão calórica futura, apresentaremos algumas sugestões para essas ocasiões:

  1. Seja um Mala! Coma só salada e uma fatia de Chester, limite-se a uma taça de champagne e selecione apenas as frutas dos enfeites da sobremesa para colocar no seu prato de doces. Só isso! Vá correr na manhã seguinte e ignore os comentários horrorizados dos amigos e familiares que você nunca relaxa, comer um pouquinho não faz mal, blá, blá, blá. Lá no fundo, a ideia fixa de não engordar um grama te anima e estimula a ser o chato da festa! Opção de coragem e vai, com certeza, te manter em forma.
  2. Conte as calorias! Essa opção permite comer um pouquinho mais, entretanto não conterá os comentários das avós e tias mais velhas que esperam que se experimente várias vezes seus quitutes feitos com amor e dedicação (difícil agradá-las!). Arrisque a sobremesa e dia 25/12/14 e 01/01/15 esteja no parque para exercícios ao ar livre (exercícios ao ar livre queimam mais calorias por estarmos no meio ambiente), pela manhã (nossos corpos metabolizam melhor gordura antes do meio-dia) e beba muita água (sede=ressaca!).
  3. Relaxe e delicie-se nos pratos das festas, repita quanto quiser, beba à vontade. Essa opção tem perdas e ganhos (tem ganhos?!). As perdas, mais que óbvias, diria fatais, quebram a rotina metabólica que nossos corpos adoram e para retomar esse ritmo, exigir-se-á esforço e mais sacrifícios. Os ganhos, além das calorias extras, se resumem a um na verdade: deixará as pessoas ao seu redor felizes, afinal, causa infelicidade ver alguém elegante e em forma após todas as comilanças. Se você é do tipo que não suporta crítica (leia-se inveja!) alheia, faça como todos e “coma para valer”, engorde de 0,5 a 1,5 kg e prepare-se para esforços extras a partir de 05 de janeiro de 2015, que é a clássica segunda-feira, “dia dos inícios de todas as promessas”!
  4. Vá para um retiro de Yoga que seja de preferência vegetariano. Pouca comida, muita meditação, música num volume baixo, exercício suave e “sair um pouco da caixa” para variar. Ao retornar a civilização, você estará ainda em forma (não deu tempo de haver atrofia muscular, fique tranquilo), com a mente limpa e o coração leve. A desvantagem (ou não!) dessa opção é que poucos membros da família e amigos acompanharão sua aventura nirvânica.

Quatro opções, quatro decisões a serem tomadas nesse fim-de-ano.

Qualquer uma delas tem vantagens e desvantagens como todas as decisões que tomamos nas nossas vidas diariamente.

Não deixe esse momento passar em branco. Não há porque simplesmente repetir o que os outros fazem impensadamente – crie uma postura! O importante é estar 100% feliz consigo mesmo. Vai se controlar e manter a forma? Ótimo, mas não reclame que não “curtiu intensamente” as festas como antes. Vai se acabar de tanto comer? Ótimo também. Apenas assuma a responsabilidade por ter saído da linha e volte o mais rápido possível à rotina exercício/alimentação. Sem reclamar de nada, decidido e firme!

Nossa experiência, entretanto, nos mostra o que a maioria (talvez não você…) decide nessa época do ano e os professores e personal trainers já estão esperando na primeira semana de janeiro –“Professor, pode me dar um tratamento de choque, porque eu ENFIEI O PÉ NA JACA!”

[formcraft id=’13’]

E você? O que irá fazer para manter a forma no período de festas? Tem mais dicas para nós? Comente.

Boas festas e bons treinos :D

Sobre o Autor

Fomos arquitetados para o movimento. Não há sentido em ficar sentado o dia todo! Consultora em fitness. Quer uma consultoria para sua academia ou clube? Saiba mais sobre a Marcia