Treino > 8 dicas para potencializar seu treino

8 dicas para potencializar seu treino

potencializar o treino

Ter conhecimento das principais dicas de treino pode ajudar a melhorar o seu desempenho e potencializar os seus resultados, tanto no ganho de massa muscular como em perda de gordura. As dicas escolhidas são simples de seguir e ajudam no aproveitamento do seu treino com foco e na realização de exercícios bem feitos.

1 – Conheça seus objetivos

Independente das dicas de treino que existem espalhadas pela internet, o primeiro passo para conseguir potencializar o seu treino é entender o que você quer. Se o seu foco será aumento de massa magra, ganho de músculos, você terá um treino. Se você quiser emagrecer, ele será diferente do primeiro e assim em diante.

Isso acontece pois, para melhorar seus resultados, não basta só fazer exercícios. É preciso mudar ou adaptar a sua alimentação, manter sua hidratação constante e conhecer seus limites, a fim de evitar lesões. Depois de escolher o seu objetivo, você precisará de um especialista para te aconselhar em como atingi-lo.

2 – Consulte um profissional

A conquista do físico que procura deve ser pensada principalmente por especialistas para acompanhamento e auxílio na chegada do seu objetivo. Profissionais da área podem pedir exames e avaliar a sua composição e o funcionamento de glândulas e metabolismo para entendê-lo melhor.

Com esse conhecimento, é mais fácil recomendar dietas assertivas, treinos precisos e, principalmente, traçar o objetivo ideal. Às vezes as metas pensadas são mais complicadas de atingir ou precisam de adaptações, garantindo que você consiga chegar onde quer da maneira mais saudável possível.

Normalmente os especialistas que são consultados para dieta e receita de exames são os nutricionistas, nutrólogos e endocrinologistas. Já para a criação de treino, são os educadores físicos. Se possível, para o melhor desempenho, deve-se utilizar pelo menos dois desses profissionais. No segundo caso, ainda é possível contar com os personais da sua academia.

3 – Respire corretamente

Pode não parecer, mas a respiração pode ser uma aliada para a realização de treinos e oferecer melhores resultados. A respiração durante os exercícios oxigena os músculos, auxilia na liberação de monóxido de carbono gerado pela atividade e melhora a sua postura. Dessa forma, ajuda na execução dos exercícios, trabalha melhor os músculos alvo e permite que a duração da prática seja maior.

Caso durante a prática você prenda a respiração ou respire de forma inadequada, você poderá prejudicar a eficiência da atividade e sobrecarregar seu coração com o aumento da pressão arterial. Esse quadro pode provocar tontura, desmaios, dores de cabeça e, caso tenha alguma tendência a problemas cardiovasculares, pode desencadear um acidente vascular cerebral (AVC). Por esse motivo, fique atento à respiração durante o seu treino.

Para respirar corretamente durante o exercício, inspire nas partes mais fáceis, normalmente na descontração do músculo, e expire na mais difíceis, quando ocorre a contração. O ideal é que a prática da atividade fique em sintonia com a respiração, tornando-se fluida.

4 – Se alimente bem

Não é apenas a realização de exercícios que determinará o seu sucesso para emagrecer, ganhar massa muscular ou ambos. Para atingir esses objetivos você deverá também cuidar da sua alimentação. Alguns alimentos são absorvidos pelo corpo de forma mais rápida e outros mais devagar e, por isso, saber qual o momento certo de ingeri-los é importante.

Para o pré-treino, fase em que ter energia é essencial, são recomendados alimentos com baixos índices glicêmicos como grãos, frutas, iogurtes e a batata doce. Já no pós-treino, são sugeridos alimentos ricos em proteínas como frango, peixe e ovos pela alta absorção realizada pelo corpo neste período.

É importante ressaltar que as dicas de alimentação são apenas guias para auxiliá-lo. O melhor a se fazer é buscar por um especialista na área para oferecer recomendações específicas para você, principalmente na presença de doenças sistêmicas.

dicas para potencializar o treino5 – Hidrate-se pouco a pouco

No treino ou em práticas esportivas, a produção de suor é uma das primeiras reações do corpo para manter a sua temperatura interna estável. Essa regulação é feita pela transpiração, fazendo com que o corpo perca muita água, tornando necessária a sua reposição para um bom desempenho nas atividades.

A ingestão de água tem associação direta com a resistência muscular, a prevenção de cãibras, a eliminação de toxinas, a regulação de temperatura e o funcionamento correto do intestino. Esses pontos influenciam indiretamente na perda de peso e, para conquistar esses benefícios, é aconselhado que a hidratação seja fracionada ao longo do treino, e não feita de uma só vez.

6 – Mude sua rotina

É muito comum que depois de algumas semanas o seu corpo se adapte à sua rotina de treino. Caso não ofereça novos estímulos, você desenvolverá um quadro estável e não perderá mais gordura ou ganhará mais massa. Para que isso não aconteça, é preciso desafiar-se quando você não sentir mais dificuldade ou sentir que consegue fazer mais sequências de exercícios.

No entanto, não o faça sozinho. Para a mudança de treino, é essencial que um profissional escute os seus relatos e faça um novo programa com base no que já foi e no que será trabalhado no próximo mês. O sugerido é a mudança a cada quatro semanas, mas conheça seus limites e suas conquistas junto ao especialista, para uma orientação personalizada.

Outra dica é praticar outras atividades aliadas à academia como a dança, luta e artes marciais. Com outras práticas, você estimulará o corpo como um todo e exercitará a sua consciência de si, o que contribui para um melhor desempenho e, consequentemente, na conquista de seus objetivos.

7 – Dê valor ao descanso

Às vezes, as noites mal dormidas fazem com que os treinos não tenham o efeito desejado, já que dormir bem é fundamental para bons resultados. Boas horas de sono farão com que você seja mais focado ao desempenhar os exercícios, tenha mais velocidade de raciocínio e menos chances de executá-los incorretamente.

Para conseguir dormir bem, reduza gradativamente os estímulos sonoros e visuais até a hora de dormir, fique em um quarto completamente escuro, já que este é um dos estimulantes da melatonina, o hormônio regulador do sono. Evite também consumir alimentos com cafeína ou com alto teor de açúcar no período da noite, que te deixam mais ativos ao invés de acalmar o seu organismo.

8 – Veja os aplicativos disponíveis

São diversos os aplicativos que podem te auxiliar em todas essas dicas de treino. Existem aplicativos que vão desde a prescrição de treinos por especialistas à lembretes de ingestão de água durante o dia ou exercícios de respiração para fazer durante o dia ou durante a prática de atividades físicas.

Basta investigar e descobrir qual desses aplicativos poderão te ajudar na sua atividade e onde você tem mais dificuldade. Se auto conhecer é uma das formas de identificar onde precisa de ajuda e quais as ferramentas que você poderá utilizar para melhorar seu desempenho e otimizar o seu treino.

Treinar é importante!

Manter-se em movimento e cuidar da saúde é tão importante que até alguns planos de saúde fizeram associações com academias para proporcionar aos seus clientes descontos ou gratuidade na mensalidade. Essa associação é benéfica tanto para o cliente quanto para a operadora, que ao estimular a vida saudável diminui os gastos com a saúde.

A Amil oferece em seu plano Amil Fácil, atendimento gratuito na Smart Fit, a maior rede de academias da América Latina. Já a SulAmérica Seguros e o Bradesco Seguros, oferecem descontos em diversas academias e outros parceiros do setor da saúde.