Treino no parque – os benefícios de treinar no verde

Treino no parque – os benefícios de treinar no verde

Um treino no parque sempre é bom! Corrida, caminhada, alongamento, yoga, pilates ou qualquer outro esporte. Treinar no parque faz bem para o corpo e para alma. Mas que tipo de treino pode ser feito em um parque? 

Quem me conhece sabe que sou fã de academia, mas sempre pratiquei atividades ao ar livre – futebol, basquete, skate, corridas, slackline e até parkour.

Em um post anterior a Marcia Novo mostrou o porque é tão bom treino ao ar livre, nesse artigo quero mostrar os tipos de atividade, vantagens e desvantagens desse treino.

treino no parqueTreino no parque

Quase todas atividades podem ser feitas em parques, ainda mais hoje em dia que muitos deles estão mais estruturados com barras fixas, espaldares, ciclofaixas entre outros.

Em um treino livre, podemos fazer inúmeros exercícios sem precisar de equipamentos e a calistenia mostra bem isso, já que, nessa modalidade, é usado o peso do próprio corpo para forçar os músculos em intensidades altíssimas, proporcionando o aumento de força, resistência e massa magra.

Alguns movimentos desses exercícios bodyweights, requerem preparação e atenção, para que não provoquem lesões.

Corridas e pedaladas são ótimas no parque devido a alguns motivos. Primeiro porque quase todos os parque são planos, o que facilita a preparação física – nada pior, para uma pessoa sem preparo, do que correr ou pedalar em subidas ou descidas.

Além de sentir o vento no rosto, correr em uma pista exige dos músculos posteriores da coxa e glúteos, coisa que não ocorre em uma esteira, pois ela faz o trabalho de impulsão para você (Correr na Rua ou na Esteira).

Em um parque é fácil criar novos amigos e sociabilizar: basta bater um bola na quadra, ou estender a Slackline e pessoas que gostam ou sentem afinidade por aquele esporte aparecem para praticar também.

Muitos governos já perceberam que áreas verdes e atividade física são importantes para a saúde da população. Prova disso é que já começamos a ver com maior frequência praças e parques com alguns aparelhos disponíveis (barra fixas, espaldares, mesa de abdominal para citar alguns) para estimular e facilitar o trabalho de alongamento e fortalecimento.

Desvantagens de treinar no parque

Como tudo nessa vida, treino no parque também tem pontos negativos. O clima pode ser um obstáculo – dias chuvosos ou muito seco, muito frio ou extremamente quente.

Já demos algumas dicas aqui no HdT sobre como render ao máximo nos treinos em dias quentes e frios (Treino em dias de frio e Treino em dias quentes).

Não ver evolução com os treinos no parque ou se sentir perdido em relação a como treinar são sensações comuns, afinal não há acompanhamento de um profissional como na academia.

Muitos fogem das academias por não gostarem do ambiente e outros fogem dos locais ao ar livre por não saberem por onde começar.

Às vezes a falta de material no local, faz com que as pessoas deixem de treinar algum músculo específico. Uma pergunta que ouço com frequência é: como posso treinar costas se nem consigo fazer barra fixa?

E a resposta é: há outras maneiras de trabalhar os músculos das costas mas, você não tem obrigação de saber e por isso fica com aquela sensação de que falta algo.

Fato é que, mesmo ao ar livre é necessário o acompanhamento de profissional qualificado tanto para direcionar sobre as atividades a serem feitas (acabando com a sensação de “estar perdido sem saber por onde começar”) e principalmente para evitar que lesões ocorram por execução errada do exercício ou por forçar mais do que devia.

Todos devem treinar no parque

Nem que seja uma vez na semana, para uma corrida, caminhada ou brincar com os filhos – os parque são lugares ótimos para nos inspirar, motivar e para que possamos extravasar as energias acumuladas.

Lembre-se de usar protetor solar quando for treinar!

Já sabe como fazer um treino no parque? Compartilhe e…

Bom Treino

Sobre o Autor

Personal Trainer e empreendedor. Treino é mais do que um vício: é um estilo de vida para mim! Precisando de Personal Trainer? Clique Aqui CREF: 0859033-G/SP