Voltando das férias

Voltando das férias

Notamos que, sempre que voltamos de um simples final de semana, nosso corpo já se sente mais “preguiçoso” e sem vontade de voltar àquela velha rotina. Diga-me sinceramente, quem gosta da segunda-feira?

Não é à toa que nos sentimos assim. É durante o final de semana que conseguimos dormir nossas 8 horas de sono, comemos mais (para alguns, mais ainda), ingerimos bebidas alcoólicas ou um monte de refrigerante. Acredite se quiser, eu tenho uma aluna que é viciada em coca-cola, para você ter uma ideia ela gosta mais do que de chocolate.

Enfim, no final de semana ligamos o “relax mode”, que consegue tirar nosso cérebro da rotina que ele se habituou durante a semana. Por esse motivo que a bendita segunda-feira é tão sofrida, estamos fora do funcionamento adequado e eficiente que o organismo conseguiu para você realizar suas atividades diárias (espero que entre elas, esteja a atividade física) com o melhor desempenho possível.

Bom, se dois dias já causam um belo estrago, imaginem vocês 2 semanas ou 1 mês em que algumas pessoas entram no “ relax mode”. Seria o caso de se perder o trabalho de 1 ano inteiro…rs! Brincadeiras à parte, temos que ficar bem atentos quando voltamos das férias.

Abaixo seguem algumas dicas para aqueles que estão voltando à prática da atividade física, pois ficaram parados devido as férias ou para aquelas que colocaram como uma das metas para o ano novo, a prática de alguma atividade física.

1) Cuidado com a intensidade: quando saímos de férias estávamos no pico do treinamento (ou deveríamos, né?!), com o melhor condicionamento e forma física que poderíamos. Logo o registro neural de que você tem dessa atividade é referente aquele período, ou seja, sua cabeça vai querer ir forte, mas o seu corpo não está preparado.

2) Alterne as atividades: já que agora temos mais um longo ano pela frente, não há necessidade de “ganhar o tempo perdido”. Comece alternando os dias da atividade, evite correr ou fazer musculação todos os dias. Pode sim treinar todos os dias mas, alternando as atividades, por exemplo: segunda, quarta e sexta feira, você faz musculação e na terça, quinta e sábado você faz a corrida. Desta forma você proporciona uma recuperação de 48 horas àquela musculatura especifica. O domingo pode ficar como descanso total (OFF).

3) Faça uma progressão: como já foi dito, comece com a intensidade leve e fique assim pelo menos 2 semanas que pode ser considerado um período de base, onde você estará preparando seu organismo para cargas mais pesadas. Na terceira semana você aumenta a intensidade, na quarta semana mais um pouco para que a quinta semana seja recuperativa. Se fizermos um gráfico ele ficaria assim:

4) Volte com a alimentação balanceada: todos nós sabemos que durante as festas de final de ano saímos da rotina alimentar, com isso colocamos alguns quilos “extras” em nosso organismo, deixando-o mais lento e sobrecarregado. Aqui no HdT você também encontra dicas de nutrição.

5) Procure regularizar o sono: se você é uma pessoa que não consegue dormir cedo, saiba que a produção de GH (Growth Hormone, o hormônio do crescimento), um importante hormônio para revitalização dos processos degenerativos causados pelo treinamento e pelo stress da vida cotidiana, tem o seu pico entre às 23h e às 2h da manhã. Portanto se você vai dormir 1h da manhã já perdeu grande parcela da produção do GH.

O importante mesmo é voltar aos hábitos que você possuía antes das férias, ficar atento para perceber se adotou algum hábito novo que não irá lhe ajudar em nada (como dormir tarde) e se você nunca possuiu hábitos saudáveis, ficar atento aos artigos e posts do nosso HdT.

Estamos aqui para ajudá-los!

Sobre o Autor

Sócio Diretor da Equilíbrio Treinamento Personalizado. Personal trainer e professor por vocação. Filosofo e sonhador por inspiração! Saiba mais sobre o Roy