Frutas, verduras e legumes para atletas

Frutas, verduras e legumes para atletas

Praticantes de atividades físicas precisam de muitos nutrientes tanto para o exercício que praticam quanto para seu dia-a-dia. Frutas, verduras e legumes não podem faltar na sua alimentação, mas em que pode afetar a falta desses alimentos?

Riscos de má alimentação sem frutas, verduras e legumes

Durante o exercício sabemos que o corpo produz radicais livres, que têm a função de danificar as células do corpo e, se não forem combatidos, podem levar a doenças como câncer e envelhecimento precoce. Podemos combater os radicais livres com frutas, legumes e verduras, pois apresentam substâncias conhecidas como antioxidantes.

Além disso, são fontes de fibras, combatem prisão de ventre, previnem doenças como diabetes, obesidade, câncer e reduzem a absorção de gorduras e açúcares. Também são fontes de minerais importantes para atletas, pois ajudam na contração muscular, controlam os batimentos cardíacos durante o exercício, transportam oxigênio para a musculatura, conduzem impulsos nervosos, modificam e regulam o metabolismo dos nutrientes, participam de processos de anabolismo e catabolismo dos tecidos e também são necessários para a formação dos ossos e dentes.

Como consumir?

O ideal é que sejam consumidas, no mínimo, 3 porções de frutas diferentes por dia e selecionar 3 cores diferentes de salada evitando que o desempenho físico seja prejudicado. Como o organismo não é capaz de produzir alguns tipos de vitaminas e minerais, é necessário que receba por meio da alimentação. A ausência destes nutrientes pode resultar em uma baixa das defesas do organismo, ocasionando infecções e doenças, irritabilidade, cansaço, fraqueza muscular, cãibras e diminuição do rendimento do atleta.frutas verdura e legumes para atletas

Desta forma as frutas, legumes e verduras também auxiliam o atleta a ter mais concentração na hora da competição, não necessariamente em uma ordem direta, mas podem diminuir sensações como estresse, cansaço, ansiedade e, a partir disso, afetar também a parte de foco na atividade realizada.

É o caso dos vegetais verde-escuros, que proporcionam uma maior impressão de bem-estar e das frutas cítricas, que aliviam o desgaste físico. Sais minerais como zinco, selênio, ferro e fósforo são os principais na ativação de neurônios e seus impulsos elétricos. Eles podem ser encontrados em sementes, grãos, folhas verde-escuras e iogurtes.

Dicas – como melhorar minha alimentação como atleta?

Comer a cada 3 horas em quantidade moderada. Nos lanches intermediários optar por frutas e sementes e nas principais refeições sempre consumir verduras e legumes.

Aquela famosa frase “quanto mais colorido melhor” apenas indica que devemos variar o consumo de alimentos para obter vitaminas e minerais diferentes de diversas fontes. Além do que, dessa forma, não enjoamos fácil de algum alimento que traz benefícios para o nosso organismo.

Não devemos comer frutas, verduras e legumes somente antes de provas ou atividades de competição, mas sim todos os dias. Dessa forma o organismo terá recursos suficientes para se recompor durante o esforço e deixará a imunidade em condições para evitar problemas de saúde.

Bom Apetite

Sobre o Autor

Nutricionista por amor... Deixe que a nutrição cuide de você! Marque sua consulta CRN:3-40982