80% da população já sofre ou terá dor na coluna: como se cuidar?

dor na coluna

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Jornal da Universidade de São Paulo (USP), cerca de 80% da população mundial já sofre ou terá dor na coluna. Diante desse número, o incentivo e a conscientização de como se cuidar e prevenir são fundamentais.

Ao contrário do que se espera, essas queixas não têm partido apenas de pessoas mais velhas. Há relatos de adultos, adolescentes e até mesmo crianças que sofrem com incômodos na região. Esse é um problema que pode afetar significativamente no trabalho, nas atividades cotidianas e, principalmente, na qualidade de vida.

camiseta de treino

Dores na coluna: quais as causas e por que estão tão frequentes?

Algumas pessoas já nascem com uma predisposição para dores na coluna por ter algum problema estrutural que afete a região, como, por exemplo, cifose, lordose e escoliose. Outras podem adquirir no decorrer da vida, devido à má postura, lesões, ações repetitivas ou doenças.

O uso prolongado de computadores, celulares e tablets, pode gerar uma pressão regular na região cervical, por conta da postura inadequada. Além disso, o sedentarismo, o aumento da obesidade e um estilo de vida estressante agravam ainda mais as dores na coluna. Os exercícios físicos e a academia podem ser aliados para fortalecer a região da coluna, prevenindo maiores problemas e até aliviando dores.

5 dicas para se livrar da dor na coluna

  1. Ergonomia no trabalho e em casa:

Principalmente para quem trabalha muito tempo sentado ou faz alguma atividade que permaneça na mesma posição, é indispensável pensar na ergonomia. Esse é o campo que estuda as normas e os métodos para cuidar da saúde dos indivíduos, dentro e fora do ambiente de trabalho, analisando suas necessidades e buscando promover conforto, segurança e eficiência.

Aderir a esses procedimentos evita que a coluna sofra algum dano a longo prazo, o que pode levar a quadros de dores intensas e problemas mais graves. Sendo assim, é recomendável investir em móveis e assentos ajustáveis, como uma cadeira de escritório ergonômica com encosto para a lombar, regular a altura da mesa e da tela do monitor, entre outras ações que podem trazer maior bem-estar para o dia a dia.

  1. Alongamento e fortalecimento:

Fazer alongamentos é um exercício que pode melhorar e preservar a mobilidade do corpo. Ao fazer regularmente, é possível aliviar a tensão muscular na região das costas, diminuir o desgaste nas articulações, atuar na prevenção de lesões, melhorar a postura e promover um relaxamento. O trabalho de fortalecimento dos músculos, ajuda a musculatura que sustenta a coluna, e melhora a postura.

  1. Praticar atividade física:

Atividades como musculação e pilates fortalecem a musculatura e, consequentemente, melhoram a postura, previnem lesões, entre outros benefícios. Realizar modalidades aeróbicas também é uma ótima escolha, uma vez que as dores na coluna podem ser motivadas por estresse e excesso de tensão, e essas práticas liberam a endorfina, o hormônio da felicidade, o que causa grande sensação de alívio.

  1. Descansar o corpo e a mente:

Dar o descanso merecido para o corpo também é um hábito importante. Isso porque as dores podem ser fruto de noites mal dormidas, sobrecarga de trabalho e esforços repetitivos.

  1. Procurar atendimento médico:

Em casos em que o indivíduo já convive com essa dor de forma persistente, o primeiro passo é procurar um atendimento médico para entender melhor sobre o caso. A partir daí, ele pode indicar o melhor tratamento, que pode tanto incluir as dicas acima quanto outras recomendações como fisioterapia, acupuntura ou até mesmo cirurgias.

Em conclusão, perante ao alarmante índice de que 80% da população já sofre ou terá dor na coluna, é importante buscar práticas que ajudem a prevenir dores e mantenham a saúde da coluna.

Queremos fazer parte da sua evolução, rendimento e saúde, através de informação de qualidade, novidades e produtos. Quer seu artigo aqui? Entre em contato com a gente!
Rolar para cima