Como fazer aquecimento no treino?

Como fazer aquecimento no treino?

Como você faz o aquecimento no treino? Comum em todas as atividades física e indispensável em todos os treinos e esportes. Descubra mais sobre essa fase do seu treino, os benefícios e como realizar um bom aquecimento corporal.

A maioria das pessoas tem o hábito de fazer algum tipo de aquecimento corporal antes de iniciar a atividade, porém poucos fazem de forma eficiente e outros não entendem as reais razões para se fazer-lo.

Essa fase do treinamento tem como objetivo preparar o corpo para a atividade física principal, ou seja, um preparo psicológico e fisiológico.

Algumas vantagens:

  • Evita lesões: músculo e tendões possuem uma viscosidade que diminui em temperatura elevada, aumentando sua propriedade de estiramento. Também ocorre um aumento da cartilagem e do líquido sinovial ( espécie de lubrificante da articulação). Dessa forma o risco de lesão é diminuída consideravelmente;
  • Aumenta o rendimento: com o aquecimento o músculo tem a capacidade de se contrair mais rápido e com mais força, melhorando o trabalho de potência, além de aumentar a irrigação sanguínea do músculo e as reações enzimáticas, assim facilita a capacidade de absorção de substâncias energéticas e oxigênio;
  • Condições cardíacas: o coração se adapta, há um aumento na frequência, no débito cardíaco (volume de sangue sendo bombeado pelo coração em um minuto), no consumo de oxigênio e na pressão arterial;
  • Neuromuscular: Em temperaturas mais altas os impulsos nervosos se propagam mais facilmente, assim com aquecimento específico pode se provocar uma facilitação no recrutamento de unidades motoras. ( neurônio que inerva várias fibras musculares);

Você viu quantas vantagens um aquecimento no treino quando bem feito possui, começar um exercício com o corpo “frio” é arriscado. Mas qual a melhor forma de fazer esse preparo antes do treino?

Existem várias formas de aquecer a musculatura, para cada atividade existe um aquecimento adequado. Vai do seu professor/treinador passar o mais coerente.

Aqui vou explicar dois tipos e dar algumas dicas.

Aquecimento Corporal Específico

É um aquecimento que visa o exercício posterior, com movimentos localizados. Normalmente se parece com o exercício, porém com intensidade diminuída e/ou trabalha as articulações e os músculos envolvidos na atividade. Esse trabalho aumenta a capacidade motora, a irrigação e o fluxo sanguíneo, assim aumenta o metabolismo e provocando uma facilitação para o exercício pretendido.

Dicas para o aquecimento específico:

  • Cargas bem menores – Deve ter uma leve resistência, porém nada que exige da musculatura. 
  • Vários movimentos seguidos – os movimentos devem ser controlados, mínimo de 15 repetições. 
  • Movimento parecido com o trabalho dos músculos e articulações exigidas na atividade principal.

aquecimento no treinoAquecimento Corporal Geral

O clássico e mais praticado pela maioria das pessoas, o aquecimento geral consiste em movimentos cíclicos e repetidos, como fazer esteira, bike, pular corda e etc.

Nesse estilo a ênfase está no preparo cardiopulmonar, aumento da temperatura interna, preparação da musculatura, articulação e sistema nervoso de uma forma geral.

Dicas:

  • Deve durar um mínimo de 10 minutos.
  • Os movimentos devem ser controlados e firmes.
  • Em uma frequência cardíaca confortável. 

Após aquecimento comece imediatamente sua atividade, não vá esperar o corpo esfriar de novo.

Algumas pessoas, ainda fazem alongamento antes da atividade física, já mostrei nesse artigo (Alongamento – Por que alongar é importante?) o porquê não recomendamos mais fazer alongamentos antes da atividade física.

E você, como faz sua preparação para o treino?

Bom Treino

Sobre o Autor

Personal Trainer e empreendedor. Treino é mais do que um vício: é um estilo de vida para mim! Precisando de Personal Trainer? Clique Aqui CREF: 0859033-G/SP