Para que serve o carboidrato no treino?

Para que serve o carboidrato no treino?

Alimentação é muito importante, seja você um atleta atrás de resultados ou um praticante de atividades físicas que busca boa forma e condicionamento deve ingerir saber da importância do carboidrato no treino

O carboidrato é uma das substâncias mais encontradas na alimentação e muito importante para o organismo, principalmente para quem treina.

Carboidrato ou glicídio é nossa principal fonte de energia, um importante substrato energético para contração muscular em exercícios prolongados de intensidade moderada e exercícios de alta intensidade com curta duração.

No processo de digestão se transformam em glicogênio e ficam armazenados no músculo e no fígado (reservas de glicogênio).

Passar muitas horas sem comer, praticar treinos prolongados (mais de 2 horas) ou seguir dieta defasada em carboidrato aumenta o risco de esgotar as reservas de glicogênio levando à fadiga muscular, queda de rendimento e náuseas.

O Carboidrato no treino – antes, durante e até depois do treino

Você que faz dietas radicais, cuidado! Ficou claro que precisamos de carboidratos, principalmente quem treina. Dietas zero carb existem, mas devem ser seguidas somente com a supervisão de um nutricionista.

Há muitas formas de emagrecimento e essa dieta específica pode trazer resultados contrários.

Pessoas ativas devem consumir mais glicídios do que as sedentárias: recomenda-se de 5 a 10 gramas por quilo corporal ao dia, dependendo da atividade praticada, gênero, idade, peso, composição corporal, hereditariedade, fase de treino e condicionamento.

O carboidrato antes do treino irá aumentar as reservas de glicogênio. No decorrer do treino, a ingestão de carboidrato ajuda na manutenção da glicemia sanguínea. Depois do treino a ingestão de carboidratos repõe os estoques de glicêmia e ajudam na construção muscular se sua ingestão for associada a uma proteína.

carboidrato no treinoQuando é necessário usar suplementos de carboidrato no treino

Há muitos suplementos de carboidratos no mercado: líquidos, em pó, gel e até como balas.

Recomenda-se tomar esses suplementos quando há necessidade de suprir a falta desse nutriente ou quando a atividade é muito prolongada, geralmente indicados para maratonistas, triatletas, escaladores, por exemplo, que consomem o suplemento de forma liquida ou diluído em água.

Sachês e squeezes são bem mais fáceis de carregar em uma prova. Para você ter uma ideia melhor um sachê de 41g de carboidratos equivale a 150g de macarrão.

Suplementar durante o exercício tem como objetivo repor os líquidos perdidos e providenciar carboidratos para atividades superiores a uma hora, quando o atleta não consome nutrientes adequados antes do treino ou em ambientes hostis como calor, frio, ou altitude.

O indicado é que sejam ingeridos de 30 a 60g por hora, para a manutenção das concentrações de glicose.

Mas, atenção, carboidratos em excesso passam a ser estocados em células adiposas em forma de gordura, que aumenta o risco de hiperglicemia, pressão alta, desconforto intestinal e, se não for corrigido, pode evoluir para diabetes, alterações nervosas e impotência.

Muitos esportistas evitam comer carboidratos pós-treino e preferem ingerir apenas proteínas, porém o consumo de carboidratos durante e após o exercício cause alterações hormonais benéficas para a reposição do glicogênio muscular e promoção de outros processos anabólicos como o aumento de massa muscular.

Uma nutricionista esportiva saberá calcular a quantidade exata de carboidrato no treino e na prova que você deve ingerir.

Agora é só equilibrar sua dieta, mandar um carboidrato para dentro, deixar um comentário e/ou compartilhar. Siga nosso Instagram!

Bom Treino

Sobre o Autor

Personal Trainer e empreendedor. Treino é mais do que um vício: é um estilo de vida para mim! Precisando de Personal Trainer? Clique Aqui CREF: 0859033-G/SP