Cirurgia Bariátrica – O que é e qual a importância da nutrição

Cirurgia Bariátrica – O que é e qual a importância da nutrição

Se tornou uma opção para as pessoas acima do peso, mas será que a cirurgia bariátrica é mesmo a solução em todos os casos? E depois dela o que deve ser feito? 

O que é a Cirurgia Bariátrica?

A cirurgia bariátrica, também chamada de gastroplastia, é uma cirurgia de redução do estômago que é indicada para redução do peso em caso de obesidade mórbida associada a complicações, como diabetes e hipertensão, por exemplo.

Existem diferentes métodos para fazer esta cirurgia, o médico que irá definir qual será o melhor para o seu caso, e ela pode ser realizada em indivíduos com mais de 18 anos de idade e que não conseguiram emagrecer com outros tratamentos.

cirurgia-bariatrica2Quem pode fazer a cirurgia?

Pacientes com IMC acima de 35kg/m² (calcule o seu IMC) que tenham complicações como apneia do sono, hipertensão arterial, diabetes, aumento de gorduras no sangue ou problemas articulares ou pacientes com IMC acima de 40kg/m² que já tenham tentado tratamentos clínicos anteriores sem sucesso.

Como é o pós operatório?

O pós operatório da cirurgia bariátrica exige cuidados alimentares, fazendo primeiro uma dieta líquida e depois uma dieta pastosa, passando para a alimentação sólida normal apenas 30 dias após a operação, liberado pelo gastroenterologista.

Além disso, é necessário tomar os suplementos vitamínicos prescritos pelo médico para evitar problemas por deficiências de nutrientes, como anemia e queda de cabelo que são bem comuns nesses casos.

cirurgia-bariatrica3Dieta líquida após cirurgia bariátrica

A dieta líquida que é feita após uma cirurgia para emagrecer é a dieta feita durante 1 a 2 semanas após a cirurgia e, os alimentos só podem ser consumidos na forma líquida em pequenos volumes, cerca de 100 a 150 ml, fazendo-se cerca de 6 a 8 refeições por dia, com um intervalo de 2 horas entre as refeições.

Os alimentos têm que ser ingeridos lentamente, podendo demorar até 40 minutos.

Os alimentos permitidos após a cirurgia bariátrica na primeira fase são chás, suco de fruta e legumes naturais, bebida de soja, água de coco, caldos caseiros de carne, frango, peixe ou legumes. É também importante beber água ao longo do dia, em pequenas quantidades, e tomar os suplementos prescritos pelo médico.

Dieta pastosa após cirurgia bariátrica

Essa fase dura cerca de 15 dias a 1 mês e, o paciente tem que mastigar bem os alimentos e comer pequenas quantidades.

Os alimentos permitidos nessa fase são cremes de legumes, mingaus, purês de frutas cozidas ou cruas, purês de leguminosas, purês de proteínas, vitaminas de frutas com suco de soja ou com água.

Dieta após 1 mês da cirurgia bariátrica

A dieta após 30 dias da cirurgia já pode ter alimentos sólidos, mas têm que ser muito bem mastigados e consumidos em pequenas quantidades ao longo de 6 refeições diárias, podendo-se usar um prato de sobremesa para comer pequenas quantidades em cada refeição.

Os líquidos só devem ser ingeridos entre as refeições, sendo importante beber pelo menos 2L de água por dia para prevenir a desidratação.

A partir dessa fase o paciente pode comer frutas, legumes, cereais integrais, leite e derivados, carne, peixe, ovo, massa, arroz, batata, cereais integrais e sementes em pequenas quantidades e de acordo com a sua tolerância.

A alimentação é importante antes e depois da cirurgia bariátrica porque se o paciente não fizer uma boa preparação alimentar antes da cirurgia vai ter dificuldades em se adaptar à nova dieta após a cirurgia.

O que não pode comer após a cirurgia Bariátrica

Nos primeiros 3 meses após a cirurgia de redução do estômago, devem ser evitados alimentos como:

Café, chá mate, chá verde;

Pimenta, condimentos, mostarda, ketchup ou molho inglês;

Sucos industrializados em pó, refrigerantes, assim como água gaseificada;

Chocolate, balas, chicletes e doces em geral;

Frituras.

Além disso alimentos como mousse de chocolate, leite condensado ou sorvete são muito calóricos devem ser evitados, e mesmo consumidos em pequenas quantidades podem fazer engordar novamente.

Por quanto tempo eu devo fazer acompanhamento?

Do ponto de vista nutricional, os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica deverão ser acompanhados por longo tempo (no mínimo por 1 ano, com consultas mensais), com objetivo de acompanhar a redução de peso e evitar o ganho, além de orientações sobre uma dieta com maior qualidade.

São grandes as chances de complicações nutricionais, como anemias por deficiência de ferro, de vitamina B12 e/ou ácido fólico, deficiência de vitamina D e cálcio e até mesmo desnutrição. Reposições vitamínicas são feitas após a cirurgia e mantidas por tempo indeterminado.

Posso aumentar de peso novamente?

Nenhum procedimento faz milagre. Após a cirurgia é extremamente necessário a reeducação e manutenção alimentar e física para que os resultados sejam efetivos.

Você precisa ter em mente que a cirurgia é apenas o início de uma mudança de vida, que inclui comer corretamente, de forma mais saudável, incluindo no cardápio frutas, verduras, legumes, carnes, pães integrais, sucos.

Você poderá comer de forma mais comedida e com mais frequência, de 3 em 3 horas, deixando as guloseimas para ocasiões especiais.

Agora que você já sabe que cuidar da alimentação é muito importante, mesmo após a cirurgia, para evitar o ganho de peso, aproveite e marque sua consulta!

Sobre o Autor

Nutricionista por amor... Deixe que a nutrição cuide de você! Marque sua consulta CRN:3-40982