Diabetes – o que é, sintomas e o tratamento

Diabetes – o que é, sintomas e o tratamento

O número de pessoas com Diabetes tem aumentado no mundo inteiro, um problema silencioso que pode afetar todo o seu corpo, mas com um pouco de conhecimento irá fazer toda a diferença para uma vida saudável.

O que é Diabetes? 

O Diabetes é caracterizado pela produção insuficiente de insulina ou por uma incapacidade do corpo em utilizá-la (resistência à insulina). Produzida no Pâncreas a função da insulina é simples, pense nela como uma “chave”, ao entrar em contato com as células do seu corpo a insulina abre uma “porta” para que a glicose entre nas células dando energia para atividades.

A falta de produção ou a resistência a insulina resulta numa incapacidade para utilização pelo organismo da principal fonte de energia, a glicose, e consequente aumento dos níveis de glicose (açúcar) no sangue.

Quais são os tipos de Diabetes?

Existem vários tipos que já foram descobertos.

Os mais conhecidos são o Tipo 1, o Tipo 2 e o Diabetes Gestacional.

tipos de diabetesDiabetes Tipo 1 – As células β do pâncreas deixam de produzir insulina (devido a um processo de destruição das mesmas), identificada logo na infância.

Diabetes Tipo 2 – Ocorre habitualmente na idade adulta e está associada ao excesso de peso e à vida sedentária, voltando ao exemplo da “chave” e a “porta”, devido a grande quantidade de células de gordura, elas impedem que a insulina “chave” entre na “fechadura” da célula, aumentando o número de glicose no sangue.

Diabetes Gestacional – O aumento de hormônios durante a gravidez causam o aumento da glicemia na mulher. Em algumas situações esse aumento pode não ser controlado pela insulina endógena e a mulher desenvolve o diabetes durante a gravidez, que após o parto não irá mais existir. Entretanto, sabe-se que aumenta o risco para o desenvolvimento do  Tipo 2.


Quais são os sintomas da Diabetes?

Devido aos picos de insulina, podemos ver dois tipos de sintomas, quando a glicemia está muito alta, chamada de hiperglicemia, e quando glicemia fica muito baixa, chamada hipoglicemia.

Hiperglicemia (glicemia > 180mg/dL)

  • vontade de urinar diversas vezes
  • fome frequente
  • sede constante
  • perda de peso
  • fraqueza
  • fadiga
  • nervosismo
  • mudanças de humor
  • náusea e vômito.

Hipoglicemia (glicemia < 70mg/dL)

  • tremores
  • tontura
  • palidez
  • suor frio
  • nervosismo
  • palpitações
  • taquicardia
  • náuseas
  • vômito
  • fome
  • confusão mental
  • convulsão

Qual é o tratamento para Diabetes?

O tratamento é baseado em deixar os níveis de glicose no sangue adequados à normalidade. O medicamento adequado para o seu tipo de diabetes deverá ser escolhido com o médico endocrinologista, a alimentação deve ser prescrita por uma nutricionista.

tratamento para diabetesPara o tipo 1 é imprescindível o uso da insulina, uma dieta adequada, controle na ingestão de carboidratos (veja mais sobre a contagem de carboidratos) e atividade física regular.

No tipo 2, nem sempre é necessário fazer fazer a ingestão de insulina, porém uma alimentação adequada e atividade física, se torna o principal tratamento para controle da Diabetes, como explicado acima, no tipo 2 a gordura atrapalha o funcionamento da insulina, se alimentando e treinando essa gordura será queimada, facilitando o acesso da insulina nas células, a células ainda ficam mais sensíveis a insulina, tornando o processo mais rápido e fácil. (Veja os cuidados que você precisa quando for fazer atividade física.)

Em ambos os casos é importante realizar o teste de glicemia para acompanhar e controlar o Diabetes.

Eu sou diabética tipo 1, no começo mil perguntas aparecerão, mas com alguns cuidados você poderá ter uma vida normal e saudável.

Está com dúvidas? Marque uma consulta comigo. Clique Aqui

Gostou? Compartilhe…

Sobre o Autor

Nutricionista por amor... Deixe que a nutrição cuide de você! Marque sua consulta CRN:3-40982