esportes > Será que o crossfit provoca muita lesão?

Será que o crossfit provoca muita lesão?

crossfit e lesão

Por ser uma atividade de alta intensidade, cheia de exercícios que parecem impossíveis de se fazer, muitas pessoas acreditam que o crossfit e lesão estão sempre juntos. Mas será que machuca mesmo?

Basta ver um vídeo de crossfit que já dá para se impressionar: saltos, levantamento de peso, barras, subidas em cordas… Exercícios e intensidade que assustam e fazem a gente pensar: “isso vai provocar muita lesão!”

Pesquisa sobre Crossfit e lesão

Um estudo publicado na revista especializada The Journal of Strenght & Conditioning Research, mostra que o crossfit – quando comparado com outras modalidades – não tem um alto índice de lesão – ele, inclusive, está atrás até de esportes mais tradicionais, como a corrida e o futebol.

A cada 1000 horas de treino de crossfit, apenas 31% dos praticantes disseram ter sofrido alguma lesão por causa do esporte. Índice muito abaixo de modalidades como futebol, basquete e até o judô.

Principais lesões do crossfit e como evitar?

Aqui na Hora do Treino, o que mais se prega é como a atividade física pode prevenir lesões e outras doenças e inclusive até tratar algumas. Sabendo disso e também que qualquer atividade pode gerar uma lesão, é possível evitar ou reduzir esse risco.

O ponto mais importante é ter um bom profissional para lhe ensinar os exercícios propostos. Os coaches no crossfit deverão indicar e adaptar o exercício para o seu nível. Ninguém entra no box já sabendo fazer push ups, pull ups, squats e por aí vai. Existe um processo didático e o nível em que cada aluno deverá fazer a prática da modalidade.

Identificar seu limite é outro ponto importante. Só porque seu colega realiza agachamentos com muito mais carga que você, isso não significa que você deve fazer com a mesma carga ou até maior. Saiba qual é o seu limite e, na dúvida, comece pelo mais fácil sempre.

Exercícios proprioceptivos e de mobilidade articular são fundamentais para se evitar lesões em qualquer esporte. Quando ligamentos, tendões e músculos estabilizadores estão fortes, resistentes e com grande capacidade de amplitude, o risco de lesão é bem menor.

Procure sempre um box que tenha ótimos coaches e tenha bom senso, para não se arriscar indevidamente.

Agora você já sabe que crossfit e lesão não andam tão juntos assim, basta fazer corretamente como qualquer outro esporte! Gostou do vídeo? Compartilhe! Se inscreva no canal – PlayCross – Clique aqui e/ou siga no Instagram.

crossfit emagrecePlayCross

Conteúdo de CrossFit para curiosos, iniciantes e quem já viciou! Crossfit para todos!