Entrar em forma sem sair de casa é possível!

Entrar em forma sem sair de casa é possível!

Se a ideia de entrar em forma sem sair de casa parece um sonho pra você, pode comemorar: seu sonho pode se tornar realidade desde já, hora de treinar em casa! 

No post de hoje vamos dar algumas dicas para quem não pode seguir ou não se adapta à rotina de uma academia. Vamos mostrar que há muitas opções para serem praticadas em casa, muitas delas sem precisar de nenhum investimento extra.

Mas tem uma coisa que você não pode deixar de ter, mesmo treinando em casa. Quer saber qual é? A gente conta a seguir.

É possível entrar em forma sem sair de casa?

Nem todo mundo pode ou quer frequentar uma academia, mas mesmo assim quer se manter em forma e praticar alguma atividade física.

Isso não apenas é possível como pode ser bem divertido. Você pode escolher fazer exercícios ao ar livre nos equipamentos disponíveis nos parques, ou optar por uma rotina de caminhadas ou corridas.

Mas, há também um mundo novo a ser descoberto dentro de sua “humilde residência”.

treinar em casaTreinar em casa pela manhã

Treinar em casa tem inúmeras vantagens, mas também tem uma série de obstáculos: telefone, cachorro, televisão, internet etc.. Todos esses itens podem perturbar seu treino.

Por isso, especialistas recomendam que o melhor momento para fazer seu treino em casa é de manhã, antes de tudo. Mesmo que você ainda não se sinta totalmente desperto, na medida em que for se mexendo, vai acordar. Algumas pesquisas mostram que quem dá preferência para este período do dia tem mais probabilidade de se manter firme na prática.

Mas, claro, o fato de você não conseguir se exercitar pela manhã, não é desculpa para não fazer isso em nenhum outro período.

Dicas para entrar em forma sem sair de casa

Estabeleça um objetivo claro: treinar para uma corrida, entrar numa roupa, perder 5kg, aumentar a quantidade de abdominais. Seu objetivo deve ser atingível: nada de querer ficar 10 kg mais leve em um mês. E, a cada objetivo atingido, dê-se uma recompensa e estabeleça outro.

Tenha um plano de exercícios. O ideal é planejar com aproximadamente um mês de antecedência. A cada treino que você finalizar, faça uma marca no calendário. Depois de um tempo, ver o quanto você já conseguiu será um motivo extra de ânimo.

Além do plano de exercícios, tenha também um diário para anotar seus avanços e também eventuais momentos de desânimo. Assim você vai conhecer melhor suas preferências e criar alternativas para os dias em que a vontade não for tanta.

Se o seu objetivo é emagrecer leia esse artigo: Metas para emagrecer.

Exercícios para fazer em casa

Escolha um lugar adequado para se exercitar: cuidado com móveis, objetos e pisos escorregadios por exemplo. Cuidado também para evitar as áreas de passagem, já que é mais fácil ser surpreendido por outras pessoas ou animais de estimação e alguém pode se machucar. Alguns dos exercícios que você pode fazer em casa são:

  • Flexão de braço com joelho
  • Crucifixo com elástico
  • Agachamento  unilateral
  • Agachamento profundo com elástico
  • Remada
  • Puxada alta com elástico
  • Flexão de joelho com Fitball
  • Testa com elástico
  • Bíceps com elástico
  • Elevação lateral com elástico

Já falamos mais detalhadamente sobre esses exercícios. Confira no artigo Exercícios para fazer em casa, vai poder conferir  a descrição e as  fotos de cada um .

O que não pode faltar

Não importa se você vai à academia, aos parques ou se escolheu sua casa como o lugar para se exercitar: a constância nos exercícios é fundamental. A regularidade é mais importante que a intensidade. Sem respeitar uma frequência, você não vai conseguir ver e nem manter resultados.

Por isso é tão importante estabelecer desafios e objetivos que você consiga cumprir, mesmo que sejam aparentemente simples. O importante é se mexer de alguma forma, porém de forma rotineira para poder sentir os benefícios.

Vá devagar!

Não importa o tipo de exercício que você escolher, procure sempre começar devagar. Aumente o tempo e a intensidade gradualmente. Você pode, por exemplo, começar com três repetições de 10 exercícios por três semanas. Depois aumentar para 15, 20 etc., sempre a cada três semanas.

Outra dica importante é restar sempre atenção aos sinais do seu corpo: dores, fadiga, câimbras, podem ser sinais de alerta. Neste caso, procure orientação profissional.

Agora você já sabe como treinar em casa e entrar forma. Que tal compartilhar o artigo com alguém que tenha esse objetivo?

Pense nisso e sucesso!

Sobre o Autor

Jornalista - Editora da Hora do Treino.