Pular para o conteúdo
Saúde > A importância da atividade física para a saúde mental

A importância da atividade física para a saúde mental

atividade física e saúde mental

Segundo um estudo publicado pela revista científica Frontiers in Psychiatry, praticar regularmente atividade física reduz em 60% o risco de desenvolver transtorno de ansiedade, tanto em homens, quanto em mulheres. Logo, a relação entre saúde física e mental é muito importante.

A relação entre mente e corpo é observada há muito tempo, por isso o equilíbrio entre eles é o ideal. Não esqueça que, o seu corpo é uma máquina muito inteligente, tudo está conectado e funciona em perfeita harmonia.

Vamos falar sobre os impactos da atividade física para a saúde mental!

atividade física e saúde mentalComo a atividade física impacta a sua saúde mental?

Você pode estar se perguntando: por que a atividade física faz tão bem para a saúde mental? Te explicamos, é bem simples de entender. Com a prática regular de atividade física, o nosso corpo libera neurotransmissores que promovem a sensação de prazer e bem-estar, de forma tão poderosa, que aliviam os sintomas de estresse, ansiedade e depressão.

Vale lembrar que os exercícios físicos não substituem a terapia psicológica. O tratamento precisa ser feito por uma equipe multidisciplinar em casos mais severos de transtornos psicológicos. Os exercícios atuarão como auxiliares. Porém, não deixam de ter importância significativa no tratamento.

Entenda sobre a importância da atividade física para a sua saúde.

Quais os benefícios da atividade física para a saúde mental?

Dentre tantos benefícios da atividade física para a saúde mental, a seguir, listamos 3 deles:

Melhora a disposição

Com a prática de exercício físico, o corpo libera um hormônio chamado endorfina durante e depois do treino, que, por sua vez, é um hormônio da felicidade. Devido a isso, a nossa autoestima aumenta e a disposição para realizar as atividades diárias também.

Auxilia no tratamento da ansiedade e depressão

Quando praticamos atividade física, o organismo libera outros neurotransmissores responsáveis pela sensação de felicidade, além da endorfina, como dopamina, ocitocina e serotonina.

A dopamina nos dá a motivação necessária para concluir metas, até mesmo as menores. Já a ocitocina nos permite melhorar as interações sociais e fortalecer vínculos com as outras pessoas. Finalmente, a serotonina age no humor, no ritmo cardíaco, na memória e no apetite. Por conta disso, tais hormônios melhoram os casos de transtorno de ansiedade e depressão.

Ajuda na qualidade do sono

Para quem deseja melhorar a qualidade do sono, livrar-se da insônia e parar de acordar no meio da noite, escolher entre a manhã ou a tarde para treinar é o ideal. Isso acontece por causa dos hormônios que falamos no item anterior, em especial a serotonina que age tanto no humor, no ritmo cardíaco, na memória, no apetite, mas também, no sono.

Quem dorme bem, consegue ter uma saúde mental equilibrada. E, quem realiza atividade física tem saúde e mente equilibradas!

Leia também: Aeróbico e anaeróbico – Qual a diferença?

Conclusão

Fica nítido que a atividade física é uma grande aliado para a saúde mental. Se você está indícios fortes de depressão ou estresse, procure um psicólogo para uma boa terapia e junto procure iniciar uma atividade bastante motivante!

Você já tinha percebido os efeitos da atividade física na saúde mental? Vale a pena investir na sua saúde integralmente.

Por isso, encontre um personal trainer e tenha sua consultoria de treino online. Nós podemos ajudar você!