Saúde > Como a atividade física diminui o risco do coronavírus?

Como a atividade física diminui o risco do coronavírus?

atividade física e coronavírus covid-19

Eu sempre tento mostrar para as pessoas que a atividade física não é só ter o corpo do blogueiro famoso do Instagram, que não é ser um atleta campeão, fazer exercícios físicos é para saúde, é estar preparado e em forma para o que vier. E essa é uma daquelas situações, entenda como atividade física diminui o risco e o contágio do coronavírus (Covid-19).

Atividade física traz muitos benefícios para o corpo, principalmente se feito corretamente, com periodização e supervisão de um profissional. Praticar exercícios regularmente além de deixar seu corpo mais forte, torna ele mais saudável.

Benefícios da atividade física contra coronavírus

A literatura científica é repleta de artigos que relatam estudos sobre os benefícios da atividade física para reforço do sistema imunológico, havendo uma opinião praticamente consensual de que a atividade física moderada é a forma mais adequada para o fortalecimento do sistema imunológico e isso inclui atividades aeróbicas (corrida, natação, bike) ou anaeróbicas (musculação)

A melhora da defesa está associado à um efeito da atividade física regular em promover um aumento dos linfócitos, atuante no sistema inato, tem como função destruir células tumorais ou infectadas por vírus.

personal trainer online aplicativo

Além disso atividade física diminui o nível de estresse, como já falado aqui em outros artigos o estresse é capaz de diminuir células dos sistema imunológico, tornando a pessoa sensível a qualquer tipo de vírus ou bactéria.

Exercícios físicos também melhoram o sistema cardiorrespiratório, isso quer dizer que sua pressão arterial será menor por ter um coração mais forte capaz de bombear mais sangue e artérias maiores e mais elásticas (sistema cardiovascular), que os brônquios e alvéolos (sistema respiratório)  serão capazes de obter mais oxigênio com menor esforço, lembrando que o Covid-19 é vírus que ataca o sistema respiratório.

Claro que não é só porque você realiza atividade física você está imune, existe vários fatores como alimentação, sono, outras doenças relacionadas e nível de estresse. Mas ser ativo com certeza irá ajudar na recuperação ou até no desenvolvimento da doença.

Os riscos do coronavírus

Apesar da atividade física moderada ser ótima para o sistema imune, atividades intensas como treino de força ou HIITs tem o efeito contrario, diminui o sistema imunológico temporariamente, tornando a pessoa suscetível a doenças e infecções.

Não é atoa que todas as competições mundiais estão sendo pausadas, além de evitar aglomerações, asseguram seus atletas a se manterem sadios, uma vez que esportes de alto rendimento provocam um alto estresse no corpo. Se fosse apenas para evitar multidões alguns jogos poderiam acontecer sem a presença do público nos estádios e ginásios com transmissão ao vivo.

Um ponto importante é que nesse período de pandemia não a necessidade de parar seus treinos diários, talvez diminuir a intensidade, evitar horário de pico das academias e aulas lotadas ou com contato físico. IMPORTANTE não pratique atividade física se você tiver com algum sintoma ou doente, o estresse provocado no corpo naquele momento não irá te ajudar pelo contrário irá piorar sua doença.

Cuidados na academia

Como já toquei no assunto, acho importante dar algumas dicas para quem vai treinar na academia. Essa é uma boa hora de buscar atividades ao ar livre ou até mesmo em casa, mas se você ainda quer treinar na academia, siga essas dicas:

  • Passe álcool nas bancos e nas barras;
  • Evite os horários de picos e aulas lotadas;
  • Passe álcool nas mãos;
  • Leve sua própria água, evite usar o bebedouro;
  • Aulas com contato físico deve ser evitada;

Espero que as academias estejam disponibilizando o álcool e orientando seus alunos, além de buscar formas de evitar horários de pico e melhor circulação de ar nos ambientes.

Caso você queira treinar em sua casa ou parque e não possui ou não sabe como treinar você pode contratar um personal trainer online para montar seu treino e te orientar da melhor forma.

Alimentação e o coronavírus

Como dito a alimentação é um fator muito importante para seu sistema imune, fazer dietas e regimes radicais para emagrecer não é recomendado.

Dê preferência para alimentos naturais frutas e legumes. Uma refeição saudável rico em nutrientes e vitaminas precisar ser um refeição colorida, diferentes tipos de alimentos na refeição tornará sua alimentação mais completa.

Suplementos como polivitamínicos e glutamina pode ajudar a fortalecer a imunidade.

Hidratação é fundamental, nosso corpo é 75% de água e estar bem hidratado é fundamental para saúde, veja quanto de água beber durante o dia e no seu treino nesse artigo sobre hidratação.

Gostou? Compartilhe! Curta nossa FanPage!

Bom Treino e se cuide!