Carreira > Como deve ser o controle financeiro para o personal trainer?

Como deve ser o controle financeiro para o personal trainer?

controle financeiro para personal trainer

Você, personal, se sente perdido nas contas? A gestão financeira para personal trainer é uma tarefa que pode não ser muito fácil no início, porém o controle financeiro é essencial para que possa ter sucesso em sua vida pessoal e profissional.

Isso é uma coisa que não vemos na faculdade, quando comecei minha carreira já sabia da importância do controle financeiro. Muitos profissionais de educação física largam empregos estáveis em busca de maior remuneração como personal trainers.

Saber fazer a gestão das finanças pode ser uma parte bastante chata da profissão, porém se o personal não consegue ter um bom controle financeiro ele fica sem saber quanto cobrar, fazer definição de seus custos, orçamentos e muitos outros.

Com isso, consequentemente o personal trainer pode passar a lucrar bem menos do que realmente deveria e pode até começar a ter prejuízos financeiros.

Já vi muitos profissionais deixarem a carreira por perderem o controle de suas contas e voltar para empregos estáveis, muitas vezes culpando a concorrência ou falta de “oportunidades”.

Por isso resolvi escrever esse artigo e mostrar a importância da gestão financeira para o personal trainer e como começar a lucrar bastante com a sua profissão.

A importância do controle financeiro para o personal trainer

Ter um bom controle financeiro é importante para todos profissionais, porém é mais importante ainda para profissionais liberais onde a variação de dinheiro mensal pode ser grande.

O controle financeiro para o personal trainer ajuda a fazer uma melhor administração e direcionamento dos recursos. Essa gestão ajuda no direcionamento de ações que possam fazer com que as metas sejam alcançadas mais rápido.

Além disso, ter o controle financeiro ajuda a identificar quais são as limitações financeiras do profissional, como e quando investir em sua carreira e ajuda também a analisar os resultados obtidos. Sem esse controle você poderá ficar exposto facilmente.

Imagine que um mês você conquistou vários alunos, a empolgação é enorme, aumenta os gastos com alimentação fora de casa, resolve trocar de carro, comprar roupas novas, inicia um curso novo e então… no outro mês metade dos alunos param, viajam, diminui o número de aulas, quebra algum encanamento da sua casa. Ter esse controle é essencial para estar preparado a todos esses tipos de imprevistos e estar sempre conquistando coisas novas!

Como deve ser feita a gestão financeira para o personal trainer

A gestão financeira para personal trainer deve ser feita de acordo com a realidade do profissional.

Não existe uma fórmula mágica de gestão das finanças que garanta o sucesso financeiro, mas existem medidas que podem ser adotadas e que aumentam a organização financeira e consequentemente ajudam o profissional a ter controle e sucesso nas finanças.

Veja a seguir passos simples que com certeza irão te ajudar a fazer uma gestão financeira eficiente.

1 – Dedique parte do seu tempo para fazer o controle financeiro

Primeiro você deve entender que a gestão financeira é um processo contínuo. Por isso, é importante separar um tempo a cada período para realizar uma análise dos resultados e assim poder traçar estratégias mais eficientes.

Tenha uma planilha ou aplicativo, para saber exatamente quanto de dinheiro entra por mês e quando por mais. O ideal que seja bem detalhado e de preferencia seja feito uma vez por semana.

2 – Comece a planejar

Para planejar um bom futuro é necessário olhar para o passado. Sendo assim, identifique seus gastos e receitas dos meses passados. Talvez os dados não serão tão fieis, mas a partir daí ficará mais fácil fazer planejamentos. “Preciso cortar R$XXX,XX para completar a renda”, “Vou economizar R$XX,XX para fazer aquele curso”, “Posso parcelar Y em X vezes que minhas contas ainda estarão no azul!”.

3 – Tenha consistência

Para ter consistência é necessário criar uma rotina para o controle financeiro. Crie uma rotina simples e que possa abranger todas as suas obrigações com as suas finanças. Defina o que e com que periodicidade algo deve ser feito.

4 – Analise os resultados obtidos

Faça análises periódicas dos resultados que você vem conseguindo ao implantar o controle financeiro na sua vida profissional. Assim você terá a real noção da sua evolução financeira.

Eu, pessoalmente, uso todo último dia do mês para analisar minhas contas e fazer projeções futuras, isso me faz iniciar o mês já sabendo quanto eu posso gastar e com o quê, mesmo que eu erre (isso é acontece muito) a diferença não é muito alta seja para cima e para baixo, me dando maior tranquilidade.

5 – Se dedique a conquistar novos clientes

Vejo isso com muita frequência, profissionais se acomodam, ficam com o mesmo aluno por muito tempo sem se preocupar em adquirir novos, porém quando esse aluno encerra o contrato o profissional fica perdido.

Faz parte da gestão financeira a captação de novos clientes. Portanto, dedique uma parte do seu tempo para conseguir atrair mais clientes para você. Seja um personal trainer de sucesso!

Divulgue seu serviço de Personal Trainer na sua região, receba contatos de interessados e marque aulas experimentais. Saiba mais! 

Conclusão…

O gestão financeira para o personal trainer ajuda o profissional a ter um controle financeiro em sua vida pessoal e melhora as finanças relacionadas à sua profissão.

O maior erro desses profissionais é negligenciar esse gerenciamento. Porém, agora que você sabe o quanto é importante e como fazer toda a sua gestão financeira de modo correto, comece hoje mesmo a colocar em prática e ter os melhores resultados. 

Gostou? Compartilhe! Curta nosso Facebook!