Como me tornei hipertenso?

Como me tornei hipertenso?

Nos dias de hoje, tornar-se hipertenso é mais fácil do que você imagina. Mas você sabe os motivos que levam à hipertensão? E o treino? Ajuda ou melhora a condição de um hipertenso

 O que é Hipertensão?

Ao bater, o coração joga sangue nas artérias que por sua vez sofrem uma pressão natural (120/80 mmHg) e tem como função distribuir o sangue por todo o organismo.

Durante o dia essa pressão arterial pode aumentar ou diminuir de acordo com vários fatores, mas o saudável é que fique sempre em torno do índice considerado natural, mesmo caso ocorram mudanças rápidas de pressão provocadas por atividades pontuais como exercícios físicos.

Como me tornei hipertenso?

Alguns fatores que provocam hipertensão:

– Estar acima do peso: a gordura também se acumula nos vasos, atrapalhando a passagem do sangue pelas artérias. Assim o coração precisa bater mais forte para o sangue chegar em todo o corpo, aumentando a pressão arterial;

– Consumo exagerado de sódio: o sódio é importante para o organismo como já citei aqui no HdT (Hidração no Treino), porém excesso de sódio deixa o sangue mais denso;

– Sedentarismo: falta de prática de atividade física, principalmente de predominância aeróbia, provoca um enrijecimento das artérias provocando maior resistência para o sangue. Esse enrijecimento também ocorre conforme envelhecemos, porém pode ser evitado com atividades físicas.

– estresse: o estresse promove o aumento dos batimentos e liberação de adrenalina. Com coração batendo mais e mais forte evidente que a pressão arterial tende a subir.

Esse aumento na pressão também ocorre durante os exercícios mas, ao finalizar a atividade física, o corpo responde rapidamente e normaliza a pressão, entretanto sob stress por muito tempo o corpo pára de responder “acreditando” que aquela pressão alta é o estado normal dela;

– Cigarro e bebidas alcoólicas: o cigarro enrijece as artérias e ativa a adrenalina, as bebidas aumentam os batimentos e dilatam as artérias, mas isso ocorre pelo consumo excessivo.

Artérias e vasos têm propriedade elástica, quando uma grande quantidade de sangue é injetada elas se esticam e como elástico retornam empurrando o sangue e facilitando a circulação. Porém, quando estão enrijecidas e/ou dilatadas esse processo é dificultado, fazendo com que o coração bata mais forte para levar mais sangue.

treino para hipertensoA pessoa só passa a ser hipertensa quando a pressão ultrapassa 140/90 mmHg em repouso e se mantém assim ao longo do dia. É comum a pressão aparecer alta no momento de realização de alguns exames, às vezes por ansiedade ou nervosismo. Por isso é importante estar relaxado, confortável e aferir várias vezes ao longo do dia.

O hipertenso só descobre que é hipertenso após sofrer com os sintomas, com alguma doença associada ou ao mensurar em uma consulta de rotina. Um problema silencioso que aparece quando a situação está grave.

Sintomas comuns: tontura, dor de cabeça, dor no peito, zumbido no ouvido, fraqueza, sangramento nasal e visão embaçada.

A pressão elevada nas artérias começa a afetar outros órgãos como coração (provocando desde insuficiência cardíaca até um infarte), rins (esses órgãos filtram o sangue que  passa pelos vasos sanguíneo, porém, com o tempo essa pressão prejudica a filtração e os rins) e cérebro (com a pressão os vasos podem sofrer rupturas provocando um Acidente Vascular Cerebral (aneurisma), que pode deixar sequelas irreversíveis).

Espero ter deixado claro como a hipertensão é desenvolvida e os danos que ela pode causar.

Agora vamos ver o que provoca cada estilo de treino em um hipertenso: Treino para Hipertenso – Parte 2

Bom Treino

Sobre o Autor

Personal Trainer e empreendedor. Treino é mais do que um vício: é um estilo de vida para mim! Precisando de Personal Trainer? Clique Aqui CREF: 0859033-G/SP