Saltar – Porque é importante treinar saltos

Saltar – Porque é importante treinar saltos

Por que você deve praticar e aprimorar a técnica do salto? Será que fará diferença para qualquer esporte? E se você não é atleta, que tipos de benefícios terá treinando saltos? Veja o  porquê de saltar! 

Para muitas pessoas pular é muito difícil; outras fazem isso constantemente no esporte em que praticam como vôlei, basquete e até no futebol. Com técnica errada, com pouca força dos membros inferiores e abdominal (sim, o abdômen é muito exigido em um salto) riscos de lesão no joelho, quadril e até coluna aumentam consideravelmente.

Na minha época de faculdade pratiquei Parkour com alguns amigos, uma atividade que exige vários saltos e de várias formas: longo e curto, alto e baixo e por aí vai.

Por mais que eu achasse que tinha força nas pernas e experiência, – pois na época treinava capoeira o que me deu confiança para fazer tantos saltos – logo descobri que não tinha tanta técnica assim e passei algumas semanas com fortes dores de coluna e quadril.

Com passar do tempo aprimorei a técnica, melhorei meus treinos e saltar já não era mais problema. Já conheci jovens que praticavam vôlei e que apesar da pouca idade, hoje sofrem de hérnia de disco. Ok ok: pode ser muita pretensão minha achar que tenha sido em decorrência dos saltos nos jogos, mas combinado com a falta de fortalecimento abdominal e lombar e má postura, pode ser um prato cheio para hérnia de disco.

Aprimorar seus saltos além de protegê-lo de lesões, o ajudará a ter maior impulsão, amortecimento e controle de movimentos, resultando em uma melhor performance.

treino de salto - saltarSe você não é atleta saiba que saltar também ajudará a ganhar massa muscular, massa óssea (ótima para prevenir osteoporose), aumentar a resistência muscular e, para quem corre, trará maior preparo para as corridas – afinal correr são vários saltos seguidos.

Como é um treino de salto?

O treino de saltos pode ser realizado com o método de pliometria – falei desse tipo de treino em um artigo anterior (pliometria) -, onde há um alongamento da musculatura seguida de uma rápida contração.

Esse leve alongamento é importante para o músculo (elástico que é) uma vez que aumenta a potência do salto.  E esse salto é o mais comum de vários esportes. Repare no vôlei: antes de saltar para fazer um bloqueio os jogadores dão uma leve agachada.

Assim como a potência do salto, é importante treinar a queda, motivo pelo qual é importante praticar o salto como se estivesse em jogo. Seguindo o mesmo exemplo do vôlei, o jogador faz o salto para o bloqueio mas, o mais importante é amortecer corretamente.

Para amortecer um salto, devemos contrair o abdômen, projetar o quadril para trás, dobrar os joelhos na direção do dedão do pé e cair na ponta dos pés. Tudo isso ao mesmo tempo. Moleza né? Por isso é importante treinar a técnica.

Nos esportes em que o salto é realizado em locomoção e os amortecimentos podem ser feitos em um único pé, deve-se treinar ainda mais não só as técnicas de amortecimento como fortalecimento de CORE e das articulações com exercícios de propriocepção – nesses casos também se deve criar situações de contato e desequilíbrio.

Abaixo fiz um vídeo de um treino de saltos, veja seu nível e pratique.

Imagine um jogo de basquete em que o jogador salta para fazer uma cesta e o jogador adversário encosta nele desequilibrando-o. Nesse caso a técnica de amortecimento fica totalmente prejudicada, mas se houver preparo, rapidamente o atleta se corrigirá e suportará a queda.

O treino de salto, principalmente para esporte coletivos, deve conter saltos estacionados, para frente, trás, laterais, em locomoção, situações de jogo, desiquilíbrio e unilaterais.

saltar-treino-salto3Dicas para saltar mais alto

Algumas dicas para você fazer um bom treino:

– Treino de salto é para praticantes intermediários e avançados. Se você está iniciando nas atividades fortaleça as estruturas antes;

– Cuidado com a superfície em que pratica. Pisos desnivelados não são bons para esse tipo de treino;

– Treino de salto causa um stress muito alto na massa óssea e não deve ser repetido mais do que 2x na semana em dias espaçados, claro;

– Sempre preste atenção no amortecimento;

– Aqueça bem, pois saltar exige muito das articulações e musculatura e aquecer deixará ambas ativadas para receber o impacto.

Vamos dar uns saltos por aí? Deixe um cometário, compartilhe e…

Bom Treino

Sobre o Autor

Personal Trainer e empreendedor. Treino é mais do que um vício: é um estilo de vida para mim! Precisando de Personal Trainer? Clique Aqui CREF: 0859033-G/SP