Como conseguir um patrocínio?

Como conseguir um patrocínio?

Na década do esporte no Brasil, muito se fala em crescimentos e desenvolvimento, seja econômico ou estrutural para o país, mas e nossos atletas? Afinal os protagonistas desses grandes eventos são eles, não é? Falta apoio e patrocínio. Será?

Como conseguir um patrocínio?

A maioria das empresas sabem mais do que nunca da força do esporte como marketing da sua marca, seja em um evento esportivo, clube ou um atleta em individual.

Os ganhos: aumento no número de vendas, mudança ou reforço de imagem, novos mercados, fidelização, estar mais visível por um período maior, associação de marcas, dentre outras. O que fica claro é, se empresa patrocinar ela vai querer ter algum retorno.

Se o retorno pode ser grande, se o esporte no Brasil é bola da vez, se empresas sabem do potencial do esporte como divulgação, porque a procura por atletas e clubes é baixo comparada com outros países?

A resposta é simples, os clubes e atletas amadores e muitos profissionais não passam credibilidade e nem profissionalismo, para uma empresa colocar seu dinheiro e associar sua imagem.

Os projetos dos clubes são mal elaborados e os atletas mostram total falta de comprometimento com o patrocinador, assim as empresas preferem patrocinar um evento ao invés de clubes e atletas.

O Atleta e o Patrocínio

Irei focar na busca de patrocínio de um atleta, porque para um atleta as coisas são um pouco mais difíceis, indiferente do esporte praticado.

patrocínio esportivo
Um dos maiores exemplo de patrocínio. Jordan e Nike

A vida de um atleta brasileiro, principalmente o amador, é mais ou menos assim: estudar, trabalhar e treinar quando tiver tempo livre de preferencia, quando for participar de um campeonato muitas vezes tem que sair do seu bolso. Com tantas dificuldades não podemos esperar um desempenho favorável, logo ele desiste do esporte, devido à falta de resultados.

O atleta precisa de suplementos, de tratamentos médicos para possíveis lesões, de matérias (roupas, tênis matérias de segurança do esporte específico), o que torna tudo muito caro, sem falar em passagens, hospedagens e inscrições para campeonatos.

A busca pelo patrocínio: não espere que uma empresa vá bater na sua casa dizendo que irá patrocina-lo, ela só ira fazer isso quando você estiver no pódio das olimpíadas. Enquanto você não é o centro das atenções, o melhor a fazer é ir atrás de um, mas como?

Monte seu “currículo”: mostre os campeonatos vencidos, premiações (artilheiro, melhor jogador), número de medalhas, entrevistas para revistas, jornais, televisão, vídeos, etc. Um atleta amador talvez não tenha muito o que colocar, mas ter um “currículo” mostra que você realmente é um atleta e o esporte é levado a sério por você, principalmente para os que não são muito conhecidos.

Busque empresas certas: empresas que tenham os negócios envolvidos com seu esporte ou mesmo  público, isso facilitará as coisas, além de economizar tempo.

Faça um projeto sério: tente mostra como a empresa vai ganhar patrocinando você, essa talvez seja a parte mais difícil, caso você possua condições recomendo se auxiliar com uma empresa de marketing esportivo. Os locais onde a empresa pode ser divulgada por você, essa estratégia de marketing é mais difícil para quem conhece pouco sobre o assunto. Um exemplo: você sabe que empresa X vai ser inserida em uma cidade onde vai acontecer um grande campeonato que você irá participar, informações como essas podem ser a chave para um bom contrato.

Mostre sua agenda: liste os campeonatos que você pretende participar, regiões, o tamanho do evento, as formas que o campeonato vai passar na mídia e coloque-se a disposição do patrocinador para eventos da própria empresa.

patrocínio esportivo
Seja um “funcionário” da empresa

Também pode se formar parcerias onde empresa dá apoio ao atleta, com despesas para o campeonato como passagens, hospedagens, suplementos e materiais muitas vezes tendo um vínculo menor com a empresa, mas isso é uma grande ajuda para quem buscar estar entre os primeiros.

Após fechado o contrato, não seja displicente, não apareça em eventos com a marca concorrente, por exemplo, associação da sua imagem com do patrocinador será enorme, portanto atitudes que você tomar no seu dia-a-dia pode acabar com o contrato ou prolonga-lo por mais tempo.

Contrato Fechado

Espero que essas dicas tenham ajudado, conheço muitos atletas que infelizmente tiram dinheiro do próprio bolso para disputar campeonatos, atleta é uma profissão e precisa ser mais valorizado no Brasil.

Sem se preocupar tanto com dinheiro e tendo mais tempo para treinar, o rendimento e desempenho do atleta tende a melhorar, afinal mostrar resultados para o patrocínio vai ser mais do que necessário, com mais treino e dedicação os primeiros lugares serão constante.

Meu professor e amigo Virgílio Franceschi Neto, um grande nome no Rúgbi brasileiro, nos disponibilizou um exemplo de contrato para patrocínio. Exemplo de Contrato Patrocínio Esportivo

Bom Treino

Sobre o Autor

Personal Trainer por profissão, blogueiro por acidente. Treino é mais do que um vício: é um estilo de vida para mim! Precisando de Personal Trainer? Clique Aqui
CREF: 0859033-G/SP

error: Não copie! Compartilhe! Entre em contato se quiser um artigo nosso.