Ansiedade e Estresse – O que fazer?

Ansiedade e Estresse – O que fazer?

Vocês viram em artigo anterior a razão de sofrermos com ansiedade e estresse. Se é impossível evitá-los, já que são uma defesa do organismo, o que fazer para reduzir os sintomas e descontroles?

Super-Homens e Mulheres Maravilha de plantão, vocês também podem estar exauridos. Nada de fraco ou anormal nisso.

Aliás, de acordo com as inúmeras pesquisas, é muito normal entre seres humanos. Se você ainda é humano, observe-se com cuidado e sinceridade.

Está dentro de nós e é impossível controlá-lo. O que fazer então?

Primeiro – identificar e aceitar.

Observe o quadro de sintomas. Sobre a sintomatologia geral da Ansiedade aumentada, comumente se observa pelo menos SEIS dos 18 sintomas seguintes:

01 – tremores ou sensação de fraqueza10 – náuseas e diarreia
02 – tensão ou dor muscular11 – rubor ou calafrios
03 – inquietação12 – polaciúria (urina muitas vezes)
04 – fadiga fácil13 – sensação de bolo na garganta
05 – falta de ar ou sensação de fôlego curto14 – impaciência
06 – palpitações15 – resposta exagerada à surpresa
07 – sudorese, mãos frias e úmidas16 – pouca concentração ou memória prejudicada
08 – boca seca17 – dificuldade em conciliar e manter o sono
09 – vertigens e tonturas18 – irritabilidade

Identificou algum dos sintomas acima?  Muito provavelmente sim, todos nós temos um grau de estresse em nossas vidas atribuladas.

Como conviver com nosso sistema automático de sobrevivência em tempos modernos? Chega de estresse!

Já identificou e aceitou que precisa se cuidar? Ótimo. Próximos passos:

– Permitir-se relaxar. Muitos de nós fomos educados para “fazer” algo o tempo todo sob a ameaça de sermos chamados de PREGUIÇOSOS (na minha casa nem se podia falar essa palavra…), portanto na hora de relaxar, bate a culpa. Mediante o estado de estresse e ansiedade, a necessidade de relaxar é terapêutica.

Será feita para a manutenção da saúde mental e física já que o estresse leva a doenças em seu estágio avançado. Não vamos chegar nesse ponto, vamos? Portanto, faça N-A-D-A um dia inteiro. Será pelo bem da sua saúde, lembre-se disso.Estresse

– Atividades relaxantes. Se for impossível ficar fazendo NADA: existem atividades que nos soltam a mente, já percebeu. Pode parecer estranho, mas algumas pessoas jogam Sudoko para relaxar a mente (!). Massagens, passeios curtos, viajar, ver filmes românticos e chorar muito, conversar com amigos que não nos julguem, qualquer atividade que tire um pouco a atenção da dura realidade que se vive.

Se você acha que pensar 24 horas sobre o problema que tem que ser resolvido o solucionará, estará se estressando mais e mais e nada de resolver o problema! Dê-se um tempo, quando “voltar à vida normal”, uma solução virá, novinha em folha, na sua mente relaxada.

– Atividade Física. A Ciência já provou e aprovou a atividade física no combate ao estresse e ansiedade. Cansar o corpo cura a mente? Acredite se quiser: SIM. Nas atividades físicas, outros hormônios são ativados e correm pelo corpo proporcionando diferentes reações que equilibram as que o estresse provocou.

Ocorre um relaxamento natural após o exercício físico que colabora na volta à calma do corpo e da mente. Pratique o que lhe atrai: nadar, correr, andar, dançar, levantar pesos, brincar, alongar, MEXA-SE e obtenha os benefícios imediatamente. Como diz Turíbio Leite Barros Neto “O exercício físico libera, no cérebro, substâncias que proporcionam a sensação de paz e tranquilidade. São as endorfinas, neuromediadores ligados à gênese do bem-estar e do prazer.”

– Parar de querer controlar TUDO.  Simplesmente porque é IMPOSSÍVEL! São as pessoas que fazem TUDO errado, a política que não agrada, os vizinhos desleixados, os parentes aff, melhor nem comentar! Querer melhorar a vida ao nosso redor é excelente atitude, entretanto, quanto se consegue fazer e quanta saúde tem que se gastar para alcançar esse objetivo? Repense suas prioridades: elas são possíveis? Ou existe uma cruzada de Dom Quixote na sua vida? Lembre-se de que sua saúde está em jogo.

Reavalie quanto tempo e energia serão despendidos numa missão e a quantidade de estresse que sobrará para administrar depois. Será que vale a pena? Há de lembrar que nossos corpos ainda são os mesmos do homem das cavernas com sistemas de defesa e sobrevivência prontos a serem ativados em caso de emergência.

Tentar enganar esses sistemas primordiais é quase impossível. Somos seres modernos em corpos com reações milenares. Vai haver estresse e ansiedade? Claro que vai. Com essa certeza na mente, prepare férias merecidas, passeios com pessoas que te fazem bem. Curta a Natureza e dê gargalhadas.

O CAMINHO DO MEIO É A SOLUÇÃO PARA TODOS OS SOFRIMENTOS DO HOMEM

Viver em equilíbrio é a saída para se viver mais e melhor. Como dizia o Buddah Gautama “O CAMINHO DO MEIO É A SOLUÇÃO PARA TODOS OS SOFRIMENTOS DO HOMEM.”

Boas escolhas.

Obs.: a escritora caminha/corre, alonga muito e/ou faz Sudoko quando está estressada!

Sobre o Autor

Fomos arquitetados para o movimento. Não há sentido em ficar sentado o dia todo! Consultora em fitness. Quer uma consultoria para sua academia ou clube? Saiba mais sobre a Marcia