Treino em dupla – Funciona? E os exercícios?

Treino em dupla – Funciona? E os exercícios?

Sempre é bom ter companhia na hora de treinar, não é mesmo? Treino em dupla é uma boa ideia para você? Será que tem vantagens e desvantagens? Vamos descobrir e conhecer alguns exercícios em dupla.

Hoje em dia está aumentando cada vez mais as aulas em grupos, seja através de assessorias ou até personais trainers, isso ocorre porque nós humanos precisamos e sentimos necessidade de sociabilizar e um grande momento para isso é no momento informal e prazerosos que atividade física pode nos proporcionar.

É bem comum, chamarmos amigos, familiares, colegas de trabalho para essa “aventura”, alguns para se motivar, outros para não sentir intimidado ou com vergonha desse mundo “fitness”. E isso pode ser muito bom para dupla se seguir as dicas abaixo.

Vantagens e desvantagens do treino em dupla

  • Motivação – Ter uma companhia para treinar deixa a atividade mais interessante, alguém para bater um papo no descanso, dar risadas, ajudar e porque não dar aquela animada quando não tiver mais energia.
  • Competitividade – Competir de forma saudável torna o treino motivante, pegar mais peso no supino ou no agachamento, perder mais peso, correr mais rápido… não se tornando rivalidade a competição é muito bem-vinda pois pode incentivar ambos a estarem buscando melhorar sempre.
  • Ajuda nos exercícios – Passar aqueles halteres pesado, marcar o tempo, ver o movimento, esses são alguns exemplos de ajuda de quem treina em dupla, pode estar fazendo.
  • Exercícios em dupla – Alguns exercícios podem ser feito em dupla, isso é ótimo quando os parceiros não querem se afastar muito. Essa é um técnica muito utilizado no crossfit, por exemplo, onde alguns WOD (workout of the day/ Treino do Dia) são em duplas, enquanto um faz o outro descansa, normalmente você acaba se esforçando mais ao ver seu parceiro se esforçando.

Desvantagens

Treinar em dupla também tem algumas desvantagens:

  • Objetivos diferentes – Dificilmente seu objetivo será o mesmo que o da sua dupla, e mesmo se for, dificilmente será o mesmo treino, pelo principio da individualidade biológica.
  • Virar refém da dupla – Isso acontece muito com casais principalmente, se um falta o outro consequentemente também não vai, não se pode virar refém, cada um tem seu tempo e seu ritmo, se a sua dupla não puder ir vá sozinho!
  • Desmotivar – nem toda dupla é perfeita, as vezes o parceiro(a) reclama demais, critica demais, compete demais, e vai tornando cada vez mais a atividade chata, boas companhias são importantes em todos os momentos, nessa não podia ser diferente, se isso ocorrer tente ir sozinho, chame outra pessoa.

Exemplos de exercícios em dupla

Existe uma série de exercícios que podem ser feitos em dupla, cuidado com alguns exercícios que são frequentes no Youtube e Instagram, onde a maioria parece que faz malabares com a dupla, tais atividades são para pessoas avançadas, tentar replicar esses exercícios pode colocar você em risco.

Vou indicar alguns que você pode fazer na sua casa, parque ou até na academia:

treinar em dupla

Agachamento: o movimento consistem em fazer um agachamento completo segurando as mãos do colega mantendo a postura correta, em dupla esse exercício fica mais fácil porque a estabilização é maior, porém é possível descer mais e adquirir a consciência da postura.

Se vocês quiserem dificultar podem tentar com uma perna só, o famoso pistol squat, isso dificultará muito o exercício e que em dupla não se torna tão impossível assim.

exercício em dupla

Abdômen: o exercício pode ser feito com uma pessoa segurando ou ambos enroscando uma perna na outra, assim como no agachamento, isso criará maior estabilização, e você poderá fazer o movimento do abdômen completo.

Para dificultar esse exercício, você pode estender seu braço em mante-los na linha da cabeça, isso exigirá que o abdômen faça mais força para subir tudo.

Remada: Esse movimento é um pouco mais complexo, e precisa que ambos tenha pesos parecidos, ou o mais leve seja mais forte, um fará a posição de agachamento e se manterá firme, o outro irá segurar na mão do colega e com tronco reto deixará inclinar para trás puxando novamente, somente com a força do braço.

Esse movimento pode ser feito com os dois braços ou com um braço, que torna o exercício mais difícil. Esse exercício é ótimo para que está segurando irá desenvolver CORE e os músculos da perna, para quem está puxando estará treinando os dorsais.

Dicas finais para treino em dupla

Como vimos existe várias formas de treinar em dupla e até mesmo fazer exercícios em dupla. As vezes eu coloco meus alunos para treinar em dupla, funciona principalmente no treinamento funcional.

Entretanto devemos lembrar que cada pessoa deve ter seu tipo de treinamento, fazer o mesmo exercício com a mesma carga que o colega, maioria das vezes pode não funcionar e/ou pior pode te lesionar.

Lembre-se que vocês estão lá para treinar! Bater papo, piadas e contar histórias é legal, porém na hora do treino perde totalmente a razão, desfoca e mais uma vez o resultado não vem.

Gostou dessas dicas? Compartilhe e convide amigos para fazer treino em dupla!

Bom treino! 

Sobre o Autor

Personal Trainer por profissão, blogueiro por acidente. Treino é mais do que um vício: é um estilo de vida para mim! Saiba mais sobre o Renato
CREF: 0859033-G/SP

error: Não copie! Compartilhe! Entre em contato se quiser um artigo nosso.